digite e aperte enter
623241.5214 / 3278.2086
Abrir Menu Mobile

imprensa

Polissonografia Domiciliar

O exame padrão ouro de avaliação do sono que antes era realizado por se passar uma noite em um laboratório do sono,  também pode ser feito no conforto de sua própria casa.

O Insitiuto do Sono realiza o exame através de modernos aparelhos portáteis que permitem a realização do exame com precisa aquisição de dados sem a necessidade do paciente se deslocar de seu ambiente diário de repouso. Os dados são adquiridos através de sensores colocados no paciente por um técnico especializado em polissonografia. Os sensores são ligados a um aparelho portátil posicionado no tórax do paciente, que realiza a coleta de dados, como: atividade elétrica cerebral (eletroencefalograma), movimento dos olhos (eletro-oculograma), atividades de músculos (eletromiografia), respiração, oximetria, ronco e posição corporal.

O aparelho realiza a coleta de dados durante a noite e no dia seguinte é recolhido para a checagem dos dados e realização do diagnóstico. A tecnologia do aparelho portátil permite a mesma precisão e eficácia do exame tradicional realizado em laboratório.

A polissonografia domiciliar é um recurso de grande comodidade para quem sente dificuldade para dormir em um ambiente diferente, para quem tem dificuldade de locomoção e para aqueles que optam pelo conforto do lar.

Publicado em : 05/09/2013

Fonte : Instituto do Sono

Notícias

Escolha bem a sua escova de dente

27/08/2018 -  Paraibaonline.com.br

Aromas auxiliam no sono

20/08/2018

Bedtime fadin, técnica para bebês pegarem no sono rápido

11/06/2018 -  Bebê.com.br

Função 'soneca' do celular traz risco para a saúde

18/04/2018 -  G1

Fisioterapia no sono

21/03/2018 -  Revista Sono

Melatonina pode ser usada para qualquer distúrbio de sono?

19/03/2018 -  Revista Sono

Por que ficamos com sono?

14/03/2018 -  Diário do Grande ABC

Perdoar promove bem-estar

12/03/2018 -  Bem Estar

Quer pegar no sono mais rápido? Adote esse hábito.

16/02/2018 -  R7

Monitorar o sono por aplicativos, é eficiente?

12/02/2018 -  Absono